Pesquisar...
TOP
Mensagens da Bíblia

Tudo sobre os fragmentos bíblicos encontrados em Israel

Bíblia

Recentemente, em março de 2021, arqueólogos encontraram um material muito precioso: pequenos fragmentos bíblicos, datados de mais de 2 mil anos foram encontrados em uma caverna, no Deserto da Judeia.

Esse fato foi bastante comemorado nas últimas semanas, por ser um marco muito importante para a história.

No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre essa notícia, o que exatamente foi encontrado e qual a importância disso para a história. Para saber mais, continue com a gente!

Veja as mensagens da biblia que postamos aqui no blog.

Fragmentos bíblicos encontrados

No mês de março, arqueólogos israelitas anunciaram uma grande descoberta: fragmentos de pergaminho bíblico de aproximadamente 2 mil anos, encontrados na Caverna do Horror, que fica no Deserto da Judeia.

Os fragmentos encontrados são de passagens de livros de profetas menores, principalmente Zacarias e Naum, do Velho Testamento, traduzidas ao grego.

Um fato bem interessante é que apenas o nome de Deus aparece em hebraico.

Após o encontro dessas “peças”, já foi possível montar e identificar várias passagens bíblicas, entre elas:

“Estas são as coisas que deveis fazer: Falai a verdade cada um com o seu próximo; executai juízo de verdade e de paz nas vossas portas. E nenhum de vós pense mal no seu coração contra o seu próximo, nem ameis o juramento falso; porque todas estas são coisas que eu odeio – diz o Senhor” — Zacarias 8:16 – 17.

Leia outras frases de Deus curtas para compartilhar.

Além desses fragmentos de pergaminho conservados, também foram encontrados outros objetos incríveis. Veja a seguir.

Outros achados

A Caverna dos Horrores, como é conhecido o lugar onde foram encontradas essas preciosidades, é famoso por outas descobertas. Na década de 60, nesse mesmo lugar, já foram encontrados 40 esqueletos humanos, que datam de cerca de 135 d.C.

Inclusive, a caverna recebe esse nome porque dizem que essas 40 pessoas morreram de fome na época da Revolta de Barcoquebas.

Agora, além dos fragmentos de pergaminho, foi encontrada uma criança mumificada há cerca de 6 mil anos, com idade estimada entre 6 e 12 anos. Junto da criança, também foram encontradas moedas milenares.

Outra descoberta foi a de um cesto de fibra natural intacto, que estava em outro espaço na mesma caverna. De acordo com os arqueólogos, esse é o cesto mais antigo do mundo, com cerca de 10,5 mil anos.

Incrível, não?

Qual a importância dessa descoberta?

Além de ser surpreendente para os cientistas e para todo o mundo, essa descoberta também é muito importante para a história.

Isso porque, apenas com alguns fragmentos de pergaminho e outros objetos, é possível dar continuidade a várias pesquisas.

Nas décadas de 40 e 50, foram encontrados milhares de fragmentos de cerca de 900 textos, chamados de Pergaminhos do Mar Morto, no sítio Qumran, na Cisjordânia. Assim, os arqueólogos consideram que estes fragmentos encontrados agora também façam parte dessa coletânea.

Além da importância enorme para a história de Israel e do mundo, essa descoberta é também evita o roubo das peças. Afinal, muitos desses artefatos históricos são encontrados por ladrões, que os comercializam clandestinamente.

Isso faz com que as pesquisas possam continuar, e que tudo fique catalogado para fins documentais.

Imagine só, se todos esses tesouros nunca fossem encontrados, que perda irreparável seria para os pesquisadores?

Já os corpos mumificados e o cesto também são de extrema importância para entender os tempos passados, afinal, estima-se que o cesto venha do período neolítico.

No artigo de hoje, você conferiu tudo o que se sabe até agora sobre uma das descoberta mais recentes de arqueólogos: fragmentos bíblicos de 2 mil anos encontrados no Deserto da Judeia.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Visite nosso blog para mais conteúdo como esse!

«

»

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Casal feliz